Desafio Sunshine Blogger Award

domingo, 20 de maio de 2018

An overhead shot of a pair of glasses on a notebook next to a laptop


11 perguntas sobre mim e 11 blogs nomeados


Não sou muito destas coisas, confesso. Não acho gratificante falarmos sobre nós, uma vez que a maior parte das pessoas não está interessada em tal - daí não me dar bem em maior parte das conversas alheias, e preferir ficar calada - mas isso agora não interessa. Esta é mais uma forma de interagirmos com outros bloggers.

Fui nomeada pelo blog Cravo e Canela para o Sunshine Blogger Award.


Regras do Sunshine Blogger Award


  1. Agradecer à blogger que nomeou
  2. Responder às 11 perguntas dadas
  3. Nomear 11 bloggers e fazer 11 perguntas
  4. Colocar as regras e o logótipo do prémio no post

1. O que te fez criar um blog?
As palavras que tenho presas em mim. Já fiz um post referente a este tema, onde esclareço e conto o início da minha partilha de texto de minha autoria pela internet - que acabou por não correr muito bem - e me levou a desistir de os partilhar. O gosto pela escrita voltou em peso, e para falar a verdade sempre quis ter um blog, por isso escrever e voltar a partilhar tornou-se na desculpa perfeita para criar um. 

2. Qual o teu blog de inspiração?
O blog gente sentada. Sim, de certeza. Para além de outros, claro, onde a escrita parece uma onda que nos envolve e nos abala com cada palavra, como o blog da Margarida Pestana.

3. Se pudesses ter um super-poder qual escolherias?
Entre ler as mentes e falar com os animais, talvez escolheria o de fazer feliz as criaturas à minha volta - eu sei que isto parece os discursos das Misses Universo - mas sempre, desde pequena, que não suporto cães abandonados nas ruas, mendigos a dormirem ao frio e à chuva, vandalismo e violência nos mais fracos, corações de mãe despedaçados, ou simplesmente gente a chorar. Se dependesse de mim, faria o mundo feliz. 

4. O que te faz facilmente adormecer?
Esta pergunta é tããão pessoal. Bem, para além de ler antes de dormir e de ouvir as minhas músicas preferidas baixinho, há um truque que resulta com qualquer pessoa, e animal: a festinha do gato. Trata-se de passar com o indicador na zona entre as sobrancelhas até à ponta do nariz repetida e suavemente - a sério, resulta mesmo. 

5. Se pudesses criar uma organização sem fins lucrativos, que causa solidária gostavas de abraçar?
Uma de ajuda aos cães abandonados, sem dúvida. Como referi acima, não suporto, desde sempre, os cães pelas ruas esfomeados, maltratados, ao frio e à chuva, com o rabo entre as pernas, feitos num farrapo. Num mundo ideal, não haveria cães abandonados. 

6. Mudavas alguma coisa em ti ou na tua vida?
Se a pergunta tivesse sido feita numa outra fase da minha vida, teria respondido "sim, claro que sim! O meu nariz torto, as minhas pernas grossas, a minha boca, o facto de não ter ido para o ballet, o facto de não ter dinheiro para o que realmente anseio (e a lista continuaria)". Mas a verdade é que, neste momento, não. Não mudaria. Porque acredito que todas as coisas têm a sua razão de ser, e uma delas somos nós próprios. Aprendi a aceitar como sou assim como o caminho que escolhi fazer. A única coisa que anseio neste momento é ter uma casinha para viver em plena paz de espírito, mas isso chega-se lá, com o tempo. Se tiver que mudar alguma coisa até lá, mudarei. 

7. Qual o teu destino de sonho?
O mundo, diria. Um dia. Mas no meu coração mora uma casinha de madeira modesta entre campos verdejantes e arvoredos altos. Só isso. 

8. Quando eras pequena que profissão dizias que querias ter?
Veterinária - óbvio. Quando somos crianças não o queremos todos? Eu não perdi este amor pelos animais e por os querer ajudar, descobri é que sou horrível a matemática e a tudo o que tenha que estudar com números incluídos - e que sou hipersensível com possibilidades de desmaio em contacto com sangue e feridas expostas. 

9. Estás a ler algum livro neste momento? Se sim, qual e se não qual gostarias de ler.
Sim. Estou sempre a ler. A vida para mim é em constante leitura. Estou a ler Marley & Eu. 

10. O que não suportas numa pessoa.
Egoísmo, nariz empinado (não no sentido literal) e que goste de ignorar as pessoas em redor. 

11. O que mais adoras numa pessoa.
Que seja doce, que seja direta com um transbordar de senso de humor, que seja humilde e que seja simples.



As minhas 11 perguntas:

  1. O que é ser blogger? 
  2. O que te faz feliz? 
  3. Coisas da vida que não trocarias por nada.
  4. Um amor maior.
  5. O que te dá motivação para acordar todas as manhãs - sem ser o despertador? 
  6. Como seria o teu mundo ideal?
  7. Fazes o que gostas? 
  8. És quem sempre quiseste ser? 
  9. Qual o teu lema de vida? 
  10. Por onde andarás daqui a 20 anos? 
  11. O que é mais importante para ti? 


Join the conversation!

  1. Adorei as tuas respostas! É bom quando conhecemos um pouco mais da pessoa por trás de um blog! Beijinhos <3

    ResponderEliminar

Instagram

© Joana Rito | O Blog. Design by FCD.