Por falar mal

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Spring in hand

Só estamos bem a falar mal dos outros. Do ordenado que têm, dos carros que compraram, do trabalho que arranjaram, da casa com jardim, das férias prolongadas. Ainda que existam pessoas que façam maior parte das coisas para dar nas vistas e para este mesmo fim, falarem delas, ainda há aquelas que trabalham arduamente para obter pequenos prazeres na vida, seja aquele apartamento a dois passos da praia ou até aquela viagem que sonham fazer desde sempre. Ninguém tem nada a ver com isso, mas o problema é esse. Se estivéssemos atarefados e focados na realização dos nossos próprios objetivos de vida, não andaríamos a cochichar com a amiga ou com o colega o que x comprou e y fez. Eu percebo, custa ver os outros terem e fazerem coisas que parecem tão inatingíveis para nós. Eu sei, também já falei mal. De que nos vale falar mal do outro, se ele próprio não ouve, se ele próprio está de olhos postos na próxima viagem que conseguiu pagar graças a um ano de poupanças. Pensem, há quem gaste dinheiro em unhas de gel mensalmente, há quem gaste dinheiro a empinocar o carro, há quem gaste dinheiro em jeans e tshirts rasgadas - ou noutro grito da moda qualquer, - só para impressionar os outros. Esse dinheiro, para outros, juntando, dá para viajar, dá para poupar e pagar um curso, dá para poupar e um dia pagar uma casa. Há que definir prioridades, porque gastar dinheiro, gastamos todos. Se não chega para fazer o que se cobiça nos outros, é porque não se tem vontade.
Se tivessemos antes o hábito de exaltar as qualidades do outro, o mundo seria outra coisa. Outra coisa bem melhor que isto.

Join the conversation!

  1. isto é tão verdade!! e o que mais me mete impressão são as tais pessoas que não fazem nada para atingirem o que querem, vivem só o que é "obrigatório" no dia-a-dia e ainda assim reclamam e reclamam da vida dos outros! afff

    ps: o teu blog é lindo, lindo, lindo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá minha querida Luísa 💚 é preciso que toda a gente se foque em si próprio para ser mais feliz e para não ter esse tempo livre para invejar o outro, hum?
      Obrigada ☺️

      Eliminar
  2. O problema das pessoas é falarem mal do que nem trabalham para ter. Nada cai do céu. Há que lutar e trabalhar por isso. O fulano não foi viajar por obra e graça. Ele trabalhou pelo dinheiro, ajuntou (provavelmente nem comprou aquilo que queria num dia em que foi às compras, não foi jantar fora para poder poupar dinheiro; etc) o dinheiro para poder ir. As pessoas deveriam pensar melhor antes de falarem mal de alguém. Beijinho 💛

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este tema surgiu num dia que fui a Lisboa e em que passei muito tempo no metro. A cada conversa que se tinha a meu lado, era a cochichar sobre o que x comprou e y fez. É triste.
      Beijinho, beijinho minha linda Carolina 💙

      Eliminar
  3. Adorei e verdade sim joana parece que as pessoas só estão bem a cobiçar os outros isso eu chamo de inveja. E pior é quando tentam prejudicar quem está a sua volta. E afastar de pessoas negativas o melhor que temos a fazer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois. É uma luta constante. É gente pequenina. E é isso mesmo, a única coisa que temos a fazer é afastarmo-nos de pessoas com essas energias negativas.

      Eliminar
  4. O "bom" português é assim mesmo, como se costuma dizer, se alguém fizer isto ou aquilo mal a português fala mal, mas se não fizer nada o português arranja maneira de falar mal na mesma... Enfim...

    ResponderEliminar
  5. Eu já vi pessoas a criticarem-me por algo que decidi fazer ou a impedirem-me de fazer algo. É a nossa sociedade.

    ResponderEliminar

Instagram

© Joana Rito | O Blog. Design by FCD.